Title_Procedimento
f1_procedimento
B.J. Palmer, o desenvolvedor da quiropraxia, foi o primeiro a dizer que “o atlas é a vertebra mais importante da coluna” baseado na biomecânica da articulação e na estrutura neurológica que ele protege. Todas as vértebras de C2 abaixo são interligadas por facetas ósseas que travam a amplitude de movimento, o atlas é estabilizado por músculos e ligamentos somente. Na coluna lombar inferior não existe medula, o atlas, no entanto, protege a estrutura neurológica mais importante: o tronco encefálico.
f1_procedimento
Atlas Orthogonal é um procedimento desenvolvido por Roy Sweat em 1980 que tem como base o procedimento de John F. Grostic, que criou um sistema de quantificação da subluxação do atlas.

O procedimento requer uma série de radiografias específicas para a visualização e quantificação com precisão milimétrica do complexo de subluxação vertebral.
f1_procedimento
Uma checagem através de palpação cervical e comprimento das pernas é feita para determinar quando a pessoa está, ou não, precisando ser ajustada. Quando o atlas está fora de seu alinhamento natural, o quiropraxista detecta na palpação cervical e na visualização do comprimento das pernas.

Quando fora de alinhamento, o ajuste é feito através de um instrumento que envia uma onda sonora no processo transverso do atlas na direção da correção, com a cabeça devidamente estabilizada e na altura e ângulo de acordo com os cálculos das radiografias. O ajuste em si é imperceptível, mas a palpação cervical e a checagem de perna confirmam a eficácia do ajuste.
f2_procedimento
O objetivo é que o ajuste “segure” por mais tempo possível. Enquanto o atlas está em sua posição natural, o sistema nervoso funciona sem interferência, possibilitando que o corpo funcione naturalmente da forma que foi criado para ser.

Ajuste do atlas em fluoroscopia feito com o instrumento Atlas Orthogonal.